Uma área profissional pela qual me interesso é a informática porque a maior parte da minha vida profissional acontece nessa área. Nos últimos anos a minha dama é a área das energias verdes, porque penso  ser a grande hipótese de sustentabilidade ambiental, social e mesmo económica com a baixa progressiva de custos de produção (especialmente a éolica, que irá atingir a paridade com as energias tradicionais), com a atenuação acentuada dos efeitos de imprevisibilidade, devido ao avanço da ciência a nível da metereologia, com o estudo mais apurado do índice eolicidade, às novas tecnologias (smart grid, smart metering),  à utilização de veículos eléctricos e mesmo às estratégias de demand-response de adequação da oferta à procura de energia eléctrica em cada momento.